Índia multará empresas que jogarem fezes durante voo

Pixabay

Uma nova lei foi sancionada para permitir que companhias aéreas sejam multadas em caso de despejarem detritos dos banheiros durante os voos, após denúncias de que fezes estariam sendo atiradas em áreas residenciais de Nova Déli. A penalidade será de 50 mil rúpias (cerca de R$ 2,5 mil) e envolvem até mesmo os vazamentos ocasionais, já que, de praxe, o descarte normalmente é feito após o pouso.

De acordo com o National Green Tribunal, a ordem é que a agência reguladora dos voos garantam que aeronaves não atirem dejetos humanos enqunato estiveram em procedimento de pouso ou sobrevoando áreas próximas a aeroportos – o que inclui inspeções surpresas aos tanques de armazenamento para verificar se estariam carregadas.

Normalmente, as fezes armazenadas em voos, ao seguir para o escoamento, acabam congeladas pela ação de produtos químicos utilizados nos banheiros. Por isso, o material que cai dos aviões é conhecido como “blue ice” (“gelo azul”, em inglês), de ocorrência rara na aviação.

A movimentação foi iniciada por um oficial reformado do Exército, que denunciou a prática nas proximidades do aeroporto de Nova Déli. Segundo a Press Trust of India, ele alegou que as paredes e o piso da varanda de sua residência foram “salpicados de excrementos”. Ainda que a origem não tenha sido provada, a denúncia motivou a criação da lei.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)