Homem sobrevive de queda do 47º andar

Google Street VIEW / Reprodução

O limpador de janelas Alcides Moreno sobreviveu após cair do 47º andar de um arranha céu na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, enquanto trabalhava. Ele estava ao lado do irmão Edgar em um andaime elevado a 144 metros de altura quando o lado esquerdo das cordas que prendiam o equipamento, onde estava o irmão de Alcides, se soltou. Edgar caiu diretamente em uma cerca de madeira, com uma velocidade de mais de 190 km/h, e morreu na hora. Alcides, por sua vez, caiu junto ao andaime e chegou ao chão com vida.

O homem foi socorrido pela equipe de bombeiros de Nova York e colocado em coma induzido para tratar ferimentos no cérebro, coluna espinhal, abdômen, costelas, braços e nas duas pernas. Ele precisou passar por 24 transfusões de sangue e inúmeras cirurgias, além de ter um cateter inserido na cabeça para diminuir o inchaço cerebral. Três semanas depois do acidente, no dia de Natal, ele acordou com a esposa ao lado dele. “Minha mente estava muito confusa”, afirmou em entrevista ao jornal britânico BBC.

Departamento de Bombeiros de NY / Reprodução

Conviver com a morte do irmão que saiu com ele do Equador em 1990 para tentar a vida nos Estados Unidos foi um dos maiores obstáculos para o rapaz. “Foi como perder um filho”, comentou. Até hoje o motivo pelo qual ele sobreviveu à queda é uma incógnita, alguns acreditam que o andaime possa ter “surfado” no ar ou absolvido parte do impacto quando Alcides se chocou com o chão. O que ninguém nega, porém, é o golpe de sorte na vida do trabalhador. “Se você está procurando por um milagre da medicina, ele certamente se encaixa em um”, afirmou o presidente do Hospital Presbiteriano de Nova York, Dr. Herbert Pardes.

O caso ocorreu em 2007, mas ganhou maior repercussão internacional após entrevistas concedidas pelo equatoriano.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)