Família é resgatada após passar 19 anos em cárcere privado no CE

Street View / Reprodução

Um empresário cearense foi levado á delegacia por manter a esposa e seis filhos, com idades entre quatro e 19 anos, em cárcere privado no bairro de Dionísio Torres, na Zona Norte de Fortaleza. O caso chegou à polícia do Ceará após denúncias anônimas feitas ao Conselho Tutelar. De acordo com o jornal cearense O Povo, além do cárcere o homem era negligente e cometia e agressões à família. Dentro do apartamento de cinco cômodos, não haviam móveis além de fogão e geladeira. Todos dormiam em redes.

Segundo a TV Jangadeiro, as duas crianças mais novas não tinham nem certidão de nascimento. Uma delas teria nascido dentro do próprio apartamento. Uma nota emitida pela Defensoria Pública do Ceará afirma que o motivo pelo qual o homem mantinha a família presa em casa pode ser compatível com problemas psíquicos, já que, segundo depoimentos, o homem de identidade preservada tinha momentos de alucinação. Dionísio Torres é um bairro nobre da capital, com aglomeração de shoppings e proximidade da praia. O caso será operado em sigilo. De acordo com o código penal brasileiro, a pena para cárcere privado varia de dois a oito anos de reclusão.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)