Elizabeth usa gestos na bolsa para se comunicar com equipe, diz historiador real

Common Wealth Secretariat/Reprodução

A rainha Elizabeth II sempre é vista carregando uma bolsa de mão, mas a função do acessório não é apenas guardar objetos. De acordo com o historiador real Hugo Vickers, a rainha usa a posição da sua bolsa para mandar sinais para sua equipe e indicar se gostaria de ser retirada de algum lugar, por exemplo.

A rainha muda a bolsa de uma mão para a outra quando ela quer terminar uma conversa, mas isso é feito de maneira muito gentil. “É de um jeito simples. Alguém se aproxima e diz ‘o Arcebispo de Canterbury gostaria de lhe conhecer’”, disse Vickers ao Daily Mail.

OMAR CAMILLERI/ DOI 27/11/

Outro sinal revelado por ele é quando a rainha coloca a bolsa em cima da mesa em algum evento. Isso significa que ela quer ir embora em cinco minutos e sua equipe deve se preparar para levá-la.

Além do segredo da bolsa, quando está em reuniões oficiais no Palácio de Buckingham, a rainha também tem uma campainha que alerta as pessoas de sua equipe que eles devem abrir a porta e acompanhar o convidado para fora.

Movimentos no anel também guardam um significado e, diferente da gentileza da mudança da bolsa de um lado para o outro, se a rainha mexer no objeto no dedo significa que ela quer sair de uma conversa o quanto antes.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)