Ao descobrir câncer, professora decide casar e morre três dias depois

Just Giving / Reprodução

Uma professora de jardim de infância foi diagnosticada com câncer de fígado aos 29 anos de idade, cinco semanas antes de sua morte. Ao descobrir a doença, em estado já avançado, Katie Sutterby e seu namorado, Will Arnold, 38, resolveram se casar e organizaram a festa em apenas duas semanas. Porém, Katie não aguentou e faleceu três dias após a cerimônia, sem realizar a tão sonhada lua de mel.

Os sintomas da professora começaram a aparecer, em forma de indigestões, que foram tratadas com remédios de farmácia. O diagnóstico dado posteriormente, após uma visita ao hospital, foi uma surpresa para o casal. “Foi totalmente inesperado, ela estava perfeitamente saudável e com apenas 29 anos. Ela era muito ativa e gostava de correr, foi ela que, na verdade, me chamou para isso e também amava ir para a academia. Nós fomos avisados no dia seguinte que ela tinha câncer no intestino e que já tinha se espalhado por seu fígado. Ficamos, então, em completo choque, mas Katie permaneceu incrivelmente forte e positiva”, contou Will ao jornal britânico Daily Mail.

Katie, que trabalhava em uma escola primária na cidade de Chelmsford, no condado de Essex, a 50 quilômetros de Londres, na Inglaterra, não passou por uma cirurgia devido ao estágio da doença, já que o procedimento poderia comprometer ainda mais o fígado. Foram feitas apenas sessões de quimioterapia, para reduzir as células cancerígenas.

Após a morte da jovem, a família de Katie resolveu criar uma campanha de financiamento online para arrecadar fundos que serão destinados a uma instituição que ajuda pacientes com o mesmo tipo de câncer da professora. Até o momento foram obtidas 8,8 mil libras, quantia equivalente a R$ 36 mil.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)